Um novo Coronavírus chinês, primo do vírus da SARS, infectou centenas de pessoas desde o início do surto em Wuhan , na China, em dezembro de 2019.
O cientista Leo Poon, virologista da Escola de Saúde Pública da Universidade de Hong Kong, que primeiro decodificou o vírus, acredita que esse teve origem em um animal e se espalhou para os seres humanos.

SINTOMAS DO CORONAVÍRUS

O coronavírus (COVID-19) se caracteriza por sintomas leves, geralmente com uma doença do trato respiratório superior de leve a moderada, apresentando sintomas como nariz escorrendo, dor de garganta, tosse e febre.
Podendo ser mais grave para algumas pessoas, causando uma doença do trato respiratório mais baixa e muito mais grave como pneumonia ou dificuldade para respirar.
Idosos e pessoas com outras condições médicas (como asma, diabetes e doença cardíaca) são mais vulneráveis a quadros graves.
Em casos mais raros, ela pode ser fatal.


PREVENÇÃO

Atualmente, não há uma vacina para prevenir o coronavírus (COVID-19).
Para diminuir o risco de infecção limpe as mãos frequentemente com álcool gel ou água e sabão, cubra o nariz e a boca com um lenço ou o cotovelo ao tossir e espirrar e evite ficar muito perto (um metro) de pessoas com sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe.

AUTOCUIDADOS

Se você apresentar sintomas leves, fique em casa até se recuperar. Para aliviar os sintomas: descanse e durma, mantenha o corpo aquecido, beba bastante líquido, use um umidificador de ar ou tome um banho quente para aliviar a tosse e a dor de garganta.
Caso você esteja com febre e tosse, fique em casa até se recuperar e por pelo menos 14 dias para não transmitir a doença.

Referências:
https://sergiofranco.com.br/coronavirus-o-que-voce-precisa-saber
https://www.who.int/news-room/q-a-detail/q-a-coronaviruses#:~:text=protect

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *